HISTÓRIA DE INSTITUIÇÕES

HISTÓRIA DE INSTITUIÇÕES

Escrever a história de uma instituição – privada ou pública – é, antes de mais, regressar ao momento da sua criação, o qual contém todas as ideias, projeções e objetivos que o fundador lhe quis imprimir, no sentido de atingir os resultados ou fins pretendidos, sendo a obra edificada a expressão concretizada desse trabalho. Num segundo momento, acompanhar a sua evolução, consciente de que sendo a “obra feita” perecível no tempo e no espaço, tem a escrita o poder de garantir o perpetuar da memória da empresa, do estabelecimento comercial, da associação na História de uma região, de um país, de um povo ou comunidade à qual pertence e na qual desempenha determinados papéis e funções.

Em muitos casos o sucesso económico, social ou cultural de uma instituição passa, manifestamente, pela redação e divulgação dos projetos realizados e dos êxitos alcançados.

O método de elaboração da história de uma instituição baseia-se, sobretudo, na exploração criteriosa da riqueza singular do seu Arquivo Particular (documentos e imagens), devendo, quando possível, ser complementada com informação vinda de outros arquivos privados e públicos produzidos por entidades coletivas ou singulares com as quais se relacionou ou manteve ligações.

O texto final entregue ao cliente pretende, simultaneamente, homenagear o passado da instituição, confirmar o seu presente e projetar o seu futuro.