Testemunhos

Testemunhos
  • "O conhecimento detalhado e precisão com que testemunhou em tribunal [...] impressionou todos, inclusive o Sr. Procurador do Estado que disse "ter ficado esclarecido, para mim não há dúvidas, faça-se justiça, os terrenos

    O trabalho realizado pela Sra. Dra. Irina Alexandra Lopes para provar que os terrenos do projeto Porto Cruz, situado nas antigas Fábricas Lusalite e Gist Brocades (Fermentos Holandeses) e Restaurante Cantinho do Morais na Cruz Quebrada, eram propriedade privada desde 31 Dez 1864, superou todas as nossas expectativas. O conhecimento detalhado e precisão com que testemunhou em tribunal sobre todas a vendas e compras das propriedades ao longo de mais de um século impressionou todos, inclusive o Sr. Procurador do Estado que disse "ter ficado esclarecido, para mim não há dúvidas, faça-se justiça, os terrenos são privados". Foi um prazer colaborar com esta excelente profissional que nos ajudou imensamente a resolver mais um dos muitos desafios que a burocracia em Portugal nos coloca. Mais uma questão resolvida. Bem haja!

    PEDRO SILVEIRA, SILCOGE (Sociedade Construtora de Obras Gerais, S. A.) - Empresário nacional e internacional

  • "O seu valioso trabalho foi determinante para provar, em tribunal, a sua posse privada anterior a 22 de março de 1868. [...]".

    A Dra. Irina Alexandra Lopes foi extremamente competente na investigação que realizou sobre a história do nosso prédio no casco histórico da Ericeira. O seu valioso trabalho foi determinante para provar, em tribunal, a sua posse privada anterior a 22 de março de 1868. Sem a sua minuciosa investigação, o êxito obtido seria um mero objetivo não concretizado. Obrigado por partilhar a sua competência e talento.

    JOSÉ EIRAS DIAS, Engenheiro-civil, Lisboa-Ericeira

  • "Só com muito profissionalismo, resiliência e seriedade é possível ultrapassar este grande obstáculo, características que encontrei na pessoa da Dra. Irina Alexandra Lopes. [...]".

    Quero deixar aqui publicamente o meu enorme agradecimento à forma profissional, honesta e competente como a Dra. Irina Alexandra Lopes tratou do meu complexo processo, realizando o fundamental trato sucessivo com vista à obtenção de prova documental para reconhecimento de propriedade privada, em ação judicial, sobre o DPM, em relação aos terrenos onde está implantada a Estalagem RIABELA. Quero apelar a todos os privados a quem possa interessar esta matéria que não desistam de lutar na defesa da vossa propriedade, muitas vezes trabalho árduo dos nossos pais, que trabalharam durante uma vida inteira para deixarem alguma coisa aos filhos... Só com muito profissionalismo, resiliência e seriedade é possível ultrapassar este grande obstáculo, características que encontrei na pessoa da Dra. Irina Alexandra Lopes. Por vezes, Deus escreve direito sob linhas tortas e envia-nos anjos que nos protegem… Um bem-haja Dra. Irina!

     

    JOHNNY MARQUES, proprietário da Estalagem RIABELA, Torreira (Murtosa) - Empresário hoteleiro

  • "Os padrões de excelência que a Dra. Irina Alexandra Lopes atinge no seu trabalho, têm inestimável mérito".

    Os padrões de excelência que a Dra. Irina Alexandra Lopes atinge no seu trabalho, têm inestimável mérito. Iniciei com pouco conhecimento sobre o tema do domínio publico hídrico e estou hoje muito mais informado e preparado, devido à prestação e acompanhamento da IAL. O trabalho foi eficientemente entregue e redigido para os devidos efeitos. Foi um prazer e recomendo vivamente a IAL. Obrigado. 

    ALEXIS DANINOS, Empresário, direção  - SILVIP – Sociedade Gestora de Organismos de Investimento Coletivo, S.A., Lisboa 

  • "Este tipo de trabalhos [...] fazem não só ter confiança redobrada no seu trabalho, como permitem recomendar os seus serviços para todos aqueles que queiram alcançar uma tão dificílima prova de reconstituição histórica"

    Gostaria de agradecer à IAL na pessoa da Dra. Irina Alexandra Lopes, a qualidade e profissionalismo com o qual realizou a investigação de todo o laborioso trato sucessivo, relacionado com a propriedade e posse de terrenos dentro da faixa do domínio público marítimo (titularidade dos recursos hídricos), que a sua larga experiência como historiadora, permite-lhe ter a competência para de forma minuciosa e muito clara, tratar de importantes detalhes probatórios, que são chave para quem não queira correr o risco de perder os seus bens a favor do estado. O trabalho compreendeu a realização de uma exaustiva investigação histórico-patrimonial, desenvolvida em grande medida em arquivos regionais e municipais, a qual possibilitou fortalecer e completar o trato sucessivo do imóvel em causa, desde o presente até à segunda metade do século XIX, documentando-se e transcrevendo-se as muitas anexações, desanexações e transmissões sofridas ao longo dos anos. A complexidade é muito maior, quando houve além de heranças, vendas, transmissões e alterações de prédios, factos agravados como o cenário de destruição de arquivos que ocorreu em muitas conservatórias e arquivos competentes (ex. camaras municipais). “É como encontrar uma agulha num palheiro” Este tipo de trabalhos, que já exigem competências e capacidades específicas e quando são realizados assim, fazem não só ter confiança redobrada no seu trabalho, como permitem recomendar os seus serviços para todos aqueles que queiram alcançar uma tão dificílima prova de reconstituição histórica que a lei exige. O meu reconhecido bem-haja pela excelência do trabalho alcançado!

    VÍTOR MARQUES, Murtosa (Aveiro), Diretor financeiro e empresário